Procurar no site


Contacto

PRIMEIROS SINTOMAS
Rua da Ribeira Nova, nº 44, 1200-376 Lisboa

(+351) 21 096 48 51 | (+351) 91 507 85 72

E-mail: primeiros-sintomas@primeiros-sintomas.com

TUTUGURI - Flora Détraz (CUMPLICIDADES)

TUTUGURI - Flora Détraz (CUMPLICIDADES)

TUTUGURI

Flora Détraz

CUMPLICIDADES - Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa

10 a 16 MARÇO @ CAL - PRIMEIROS SINTOMAS

 

CUMPLICIDADES 2018

O CUMPLICIDADES 2018 reúne duas propostas ousadas: a de Tânia Carvalho assenta na repetição, com 7 espectáculos em 7 dias consecutivos de apresentação; o desafio de Abraham Hurtado a um colectivo de artistas reunidos por convocatória aberta, atenta na variação, na diferença, com a reconfiguração de uma mesma proposta artística em 7 espaços, nos mesmos 7 dias. Interpelando o dado adquirido de práticas de programação de carreiras muito curtas para espectáculos de dança, o Festival proporciona a criadores de proveniência e experiências diversificadas uma semana em palco. Agora, caberá aos públicos responderem a este repto, usufruindo de universos criativos e incursões estéticas estimulantes, reunidos por dois olhares atentos à actualidade da dança, sem descurar o que acontece nas suas margens.

Francisco Camacho


CUMPLICIDADES´18: 7 espetáculos por dia, repetidos nos 7 dias consecutivos, distribuídos pelos 7 espaços de apresentação. O projecto internacional apresenta 7 variações, uma por espaço, nos mesmos dias.

 

 

FLORA DÉTRAZ

Tutuguri

CAL - Primeiros Sintomas
10, 12, 13, 14, 15 e 16 Mar > 19:30
11 Mar > 17:00

M/6

 

Duração: 50 min (sem intervalo)

 

Sinopse

O que fica do corpo quando reduzido à sua própria vibração? O solo de uma bailarina ventríloqua que ecoa um palimpsesto de histórias e de seres para nos fazer “ouvir” dança.

Tutuguri inspira-se num poema de Antonin Artaud – “Tutuguri – O Rito do Sol Negro” –, escrito pouco tempo antes da sua morte e dedicado a um ritual do peyote no México. A performance explora a dessincronização entre micro-movimentos e sons que ora escapam, ora se rendem à relação com o gesto, num perpétuo conflito de opostos. É a partir deste jogo que o corpo da intérprete se transforma num lugar povoado por sussurros, rangeres de animais, ruídos de crianças, barulhos de aliens, conversas e espasmos, transportando-nos para um mundo por descobrir. “Um refúgio acolhedor, uma multidão de voz, uma quantidade de seres, identidades e histórias. Um ser que teria tragado mundos.

 

Biografia

Flora Détraz (Paris, 1988) formada em dança e estudos literários, integrou o curso dirigido por Maguy Marin (CCNR, Lyon) e participou no programa de pesquisa coreográfica PEPCC (Forum Dança, Lisboa). Tem formação com Vera Mantero, Lia Rodrigues, Meredith Monk, Loïc Touzé, Meg Suart e Jonathan Burrows, entre outros. Enquanto performer, trabalha com Marlene Monteiro Freitas, Miguel Pereira e Laurent Cèbe. Começou a desenvolver o seu próprio trabalho em 2013, criou “Peuplements” (2013, La Loge, Paris) e “Gesächt” (2014, Teatro Meridional, Lisboa). Colabora regularmente com a artista plástica Camille Lacroix no projecto “Waves”, uma série de caminhadas sonoras em várias cidades.

 

Ficha técnica

Concepção e interpretação Flora Détraz Luz e cenografia Arthur Gueydan Apoio à dramaturgia Paula Caspão, Konrad Kaniuk Figurino Carlota Lagido Produção Pli – www.compagniepli.org Residências Randam – un centre d’art (FR), Alkantara (PT), PACT-Zollverein (DE), Espacio Azala (ES), Forum Dança, Festival Materiais Diversos (PT), Centro Cultural do Cartaxo (PT). Apoio financeiro DRAC Normandie, Institut Français du Portugal, Fundação Calouste Gulbenkian

 

-----

 

CUMPLICIDADES 2018

CUMPLICIDADES 2018 brings together two daring proposals: the one of Tânia Carvalho is based on repetition, with 7 performances in 7 consecutive days of presentation; Abraham Hurtado challenged a collective of artists selected by an open call, focused on the variation and difference, with the reconfiguration of the same artistic proposal in 7 different spaces, in the same 7 days. Against the current programming practices, the Festival provides the possibility to see several dance performances for a week long. Now, it's up to the audience to respond to this challenge, enjoying creative universes and stimulating aesthetic incursions, gathered by two eyes attentive to the contemporary dance scene, without neglecting what happens in its margins.

Francisco Camacho

 

 

Tutuguri

CAL - Primeiros Sintomas
10, 12, 13, 14, 15 e 16 Mar > 19:30
11 Mar > 17:00

M/6

 

50 minutes (without break)

 

Sinopse

What remains of the body when reduced to its own vibration? The solo of a ventriloquist dancer who echoes a palimpsest of stories and beings to make us “hear” dance. Tutuguri is inspired by a poem by Antonin Artaud - "Tutuguri - The Rite of the Black Sun" - written shortly before his death and dedicated to a peyote ritual in Mexico. The performance explores the desynchronization between micro-movements and sounds that sometimes flee, sometimes surrender to the relation with the gesture, in a perpetual conflict of opposites. It is from this game that the body of the interpreter becomes a place populated by whispers, creaking of animals, children's noises, noises of aliens, conversations and spasms, transporting us to a world to be discovered. "A cozy refuge, a multitude of voices, a number of beings, identities and stories. A being who would have swallowed worlds.”

 

Biografia

Flora Détraz (Paris, 1988), graduated in Dance and Literary studies, joined the course directed by Maguy Marin (CCNR, Lyon) and participated in the choreographic research program PEPCC (Forum Dance, Lisbon). She has training with Vera Mantero, Lia Rodrigues, Meredith Monk, Loïc Touzé, Meg Suart and Jonathan Burrows, among others. As a performer, she works with Marlene Monteiro Freitas, Miguel Pereira and Laurent Cèbe. She began to develop her own work in 2013, created Peuplements (2013, La Loge, Paris) and Gesächt (2014, Southern Theater, Lisbon). She collaborates regularly with the fine art artist Camille Lacroix in the project Waves, a series of sound walks in several cities.

 

Ficha técnica

Concept and Performance Flora Détraz Lighting Design and Scenography Arthur Gueydan Support for dramaturgy Paula Caspão, Konrad Kaniuk Costumes Carlota Lagido Production Pli – www.compagniepli.org Residencies Randam – un centre d’art (FR), Alkantara (PT), PACT-Zollverein (DE), Espacio Azala (ES), Forum Dança, Festival Materiais Diversos (PT), Centro Cultural do Cartaxo (PT) Financial support DRAC Normandie, Institut Français du Portugal, Fundação Calouste Gulbenkian

 

 

 

Projecto Internacional – Cumplicidades´18

Variação #3 “Territórios dos Corpos”
12 Março, 21h00

A proposta internacional surge com o intuito de gerar um maior diálogo entre os artistas dos países do Mediterrâneo, de criar um espaço onde possam confrontar a sua estética e universos individuais, dando origem a um processo colaborativo entre artistas que se encontram pela primeira vez. Os cinco artistas selecionados irão criar juntos, durante um mês de residência com AADK Espanha (Blanca, Espanha), uma peça com sete variações que serão apresentadas em sete espaços diferentes durante o Cumplicidades 2018.
A peça será apresentada em 7 espaços distintos, durante 7 dias consecutivos, mantendo uma estrutura comúm mas transformando-se sempre, propondo 7 variações como resposta a cada um dos espaços.


Direcção Artística Abraham Hurtado Intérpretes Gizem Aksu (TR), Myrto Charalampous (GR), Shira Eviatar (IL), Matías Daporta (ES), Oriana Haddad (EG/ IT) Desenho de som Selu Herráiz (ES)

 

A variação performativa do projecto internacional será apresentada posteriormente ao espectáculo “Tutuguri”, após um intervalo de 20 minutos.
O bilhete adquirido é válido para ambas as sessões.

 

-----

 

International project - Cumplicidades´18

Variação #3 “Territories of the bodies”
12 Mar, 9pm

The international proposal is based on the idea of ​​generating a greater dialogue between the artists of the Mediterranean area, and creating a space where they can confront their individual aesthetics and universes, giving rise to a collaborative process between artists who meet for the first time.
The 5 selected artists will create together, during a month of residency with AADK Spain (Blanca, Spain), a piece with 7 variations which are presented in 7 different venues during Cumplicidades 2018.
The piece will be presented in 7 different venues, one each day, maintaining a common structure but always changing, proposing 7 variations in response to each of the venues.

 

Artistic Direction Abraham Hurtado Performers Gizem Aksu (TR), Myrto Charalampous (GR), Shira Eviatar (IL), Matías Daporta (ES), Oriana Haddad (EG/ IT) Sound Design Selu Herráiz (ES).

 

The performative variation of the international project will be presented after the performance "Tutuguri", after a break of 20 minutes.
The ticket purchased is valid for both sessions.

 

 

Informações e bilheteira:

Info and ticket office:


https://www.festivalcumplicidades.pt/bilhetes/

7,5€ - preço normal / normal price
5€ - Desconto (menores de 30, desempregados, profissionais de espectáculo, grupos (+10) / With discount (under 30, unemployed, culture professionals, groups (+10)

 

A bilheteira no espaço CAL – Primeiros Sintomas estará aberta uma hora antes do espectáculo. 

CAL - Primeiros Sintomas ticket office will be open one hour before the performance.

 

PASSE 7x7x7 – Acesso aos 7 espectáculos diários, nos 7 espaços de apresentação, durante os 7 dias do CUMPLICIDADES.

PASS 7x7x7 – Access to 7 daily performances, in 7 venues, during the 7 days of the CUMPLICIDADES Festival.

 

 

Bilhetes também disponíveis em festivalcumplicidades.bol.pt

Tickets also available at festivalcumplicidades.bol.pt

 

 

Folheto - Programa AQUI

 

 

Redes Sociais do CUMPLICIDADES:

Facebook  | Instagram Twitter

 

 

 

 

 

Teaser:

Fotografias:

Cartazes