Procurar no site


Contacto

PRIMEIROS SINTOMAS
Rua da Ribeira Nova, nº 44, 1200-376 Lisboa

(+351) 21 096 48 51 | (+351) 91 507 85 72

E-mail: primeiros-sintomas@primeiros-sintomas.com

O RETRATO DE DORIAN GRAY primeira parte

O RETRATO DE DORIAN GRAY primeira parte

RIBEIRA | 18 Set. a 12 Out. 2013 | Qua. - Sáb. | 21h30

Ficha Artística / Técnica

Com: António Mortágua, Carolina Salles, Paulo Pinto, Ricardo Neves-Neves, Sandra Faleiro Participação Especial: Ivone Fernandes, Mário Mendes, Miguel Valle Grilo Encenação e Adaptação: Bruno Bravo Tradução:  Margarida Vale de Gato Música: Sérgio Delgado Cenário e Figurinos: Stéphane Alberto Desenho de Luz: João Paiva Apoio Vocal: Joana Campelo Fotografias e Vídeos Promocionais: Eduardo Breda Execução de Figurinos: Sandra Ferreira Operação Técnica: Roger Madureira  | Direcção de Produção: Paula Fernandes 

 

Depois de SALOMÉ, estreado em 2012, os Primeiros Sintomas continuam com Oscar Wilde. Agora com O RETRATO DE DORIAN GRAY, romance esteticista, onde a literatura, a beleza e a eterna juventude provocam os limites morais da arte e da vida.

Este projecto compreende dois espectáculos que funcionam como duas partes autónomas e que, ao mesmo tempo, se complementam num todo.

 

PRIMEIRA PARTE ESTREIA 18 DE SETEMBRO DE 2013 na RIBEIRA

A obra prima de Basil Hallward é o retrato de um rapaz cuja beleza desafia qualquer representação realista. Dorian Gray é um Narciso, um Adónis, um menino tonto. Lord Henry chama-lhe uma bela e desmiolada criatura que deverá permanecer todo o inverno quando não existem flores para contemplar, e durante todo o verão quando é preciso alguma coisa que arrefeça a inteligência. Mas Basil Hallward pôs demasiado de si mesmo no quadro, demasiado de si mesmo.

Dorian Gray tem ciúmes da sua imagem pintada, fixa e indiferente ao inevitável destino da decadência do corpo e do espírito: “porque é que o pintaste?” perguntará a Basil. “Se ao menos pudesse ser ao contrário! Se fosse o retrato que mudasse, e eu pudesse continuar sempre como sou agora!”.

O odor do espinheiro róseo a desabrochar convive com a decomposição e o apodrecimento dos sentidos.

Discutem-se os limites morais da arte e da vida, enquanto o quadro envelhece e Dorian Gray persiste.

 

 

Classificação Etária: M/ 12 anos | Duração: 130 min. s/ intervalo

 

RESERVAS - Lotação limitada, pelo que se aconselha a reserva prévia:

T. (+351) 91 507 85 72 (de Seg. a Sáb., das 10h00 às 19h00) | E. reservas@primeiros-sintomas.com

*Os bilhetes deverão ser levantados no dia do espectáculo, entre as 20h00 e as 21h00.

Preço: 8€ (prç único)