Procurar no site


Contacto

PRIMEIROS SINTOMAS
CAL - Centro de Artes de Lisboa
R. santa Engrácia 12A, 1170-333 Lisboa

(+351) 915 078 572

E-mail: primeiros-sintomas@primeiros-sintomas.com

Festival TEMPS D'IMAGES | Momento II

Festival TEMPS D'IMAGES | Momento II

Festival TEMPS D'IMAGES 

Momento II

Reservas AQUI

 

FIM

de João Estima e Rita Delgado

30 e 31 de Outubro 2020 às 21h30

1 de Novembro 2020 às 18h30

 

O amor que acaba afasta-se para um outro mundo, à maneira de uma nave espacial que deixa de cintilar.

Roland Barthes

Se o fim não chegasse, ficariamos para sempre nesta sala. E ninguém aqui quer isso.

Temos sensivalmente 1h30, juntos. Tempo suficiente para desfrutar das infinitas possibilidades deste encontro. 

Tempo suficiente para criarmos uma ligação. Talvez. Quem sabe?

Depois, fora daqui, a vida vai acontecer.

Depois do último momento, fica tudo na nossa cabeça.

E não sao de lá.

"O que está à minha frente é o meu passado."

Estamos muito contentes que estejam aqui, connosco, muito contentes.

 

Criação João Estima e Rita Delgado Apoio à criação André Loubet e João Cachola

Interpretação João Cachola, João Estima e Rita Delgado Restauro Isabel Moreira

Cenografia António MV Música original e Desenho de Som Pedro Melo Alves

Desenho de Luz Manuel Abrantes Agradecimentos Bruno Reis, Giovanna, Maria Serena Dré, 

Magda Bizarro, Ricardo Fernandes, Palco 13, Teatro Nacional D. Maria II

Apoios DGARTES, Fundação Caloust Gulbenkian, Fundação GDA, Mala Voadora, Temp d'Images, 

Artistas Unidos, O Espaço do Tempo, DeVIR CAPa e AMPER

 

 

A PAREDE

de Alexandre Pieroni Calado e Paula Garcia

6 e 7 de Novembro 2020 às 20h

 

Esquartejar um bode e arrancar-lhe os testículos obriga geralmente a uma troca de roupa. Em A Parede, ascendem do Hades os espectros de duas mulheres, talvez as escritoras Sylvia Plath e Ingeborg Bachmann - talvez porque estas poderão representar tantos outras, diz-nos Elfriede Jelinek - num exercício ridículo de vitimização e inveja que aponta para um modo muito sarcástico de lidar com a dor e com o silenciamento feminino.

Texto Elfriede Jelinek Concepção e Encenação Alexandre Pieroni Calado Co-Criação e Interpretação Paula Garcia

Filme Leonardo Mouramateus Operação de Camara e Fotografia Joana Silva Fernandes Desenho de Som João Ferro Martins

Interpretação ao Piano Filipe Raposo Tradução Anabela Mendes Apoio Vocal Natália de Matos

Direcção Técnica João Chicó Design de Comunicação Miguel Pacheco Gomes